Como Aumentar O músculo, Melhorar A Força, A Potência E A Resistência Muscular?

Antes de tudo, é essencial fazer uma avaliação física. Várias pessoas me perguntam qual tipo de treino necessitam fazer pra aumentar a massa magra, melhorar a potência, a potência ou a resistência muscular. Antes de tudo, é primordial fazer uma avaliação física incluindo teste ergométrico e teste de valências físicas. Depois da avaliação, se estiver tudo certo, seu instrutor irá ver sua avaliação e fazer um programa de acordo com o nível de condicionamento, disponibilidade de tempo e aparelhos e aulas que o lugar possui. Para alunos estreantes é preciso fazer um serviço de adaptação ou treino de newbie, e depois de 2 meses reavaliar o programa. Com o tempo, o instrutor irá montar outro treino especifico para o objetivo ou inevitabilidade do aluno.

Separei algumas informações como montar cada programa, para que você consiga perceber como é trabalhado cada tipo de treino. É relevante ter um instrutor para ver seu treino de perto, se não for possível, é sensacional contratar um personal trainer para ver de perto no mínimo o começo até você estar seguro em conexão aos treinos. É o acréscimo do tamanho da massa muscular e no número de filamentos de actina e miosina e adição de sarcômeros dentro das fibras musculares neste momento existentes. Este hipertrofia depende de vários fatores, como resposta individual ao treinamento, intensidade e duração do programa de treino. Repetições: de 6 a doze repetições com carga entre sessenta e sete por cento e 85 por cento um RM (uma repetição máxima). Séries por grupo muscular: superior que três séries.

É a perícia de exercer potência máxima para um dado movimento corporal.

Periodicidade semanal pro mesmo grupo muscular: de um a três dias por semana. Intervalo entre as seções: de quarenta e oito a setenta e duas horas. Intervalo entre as séries e os exercícios: descanso menor que um minuto e trinta segundos. Velocidade de realização dos exercícios: lenta. O tempo de tensão é um interessante estímulo pra socorrer no acrescento da ganho de massa muscular detophyll muscular. É a perícia de exercer potência máxima para um dado movimento corporal. O acrescento da potência segue certo curso temporal.

Uma superior parcela de contribuição pra este acrescento vem da adaptação neural (avanço da coordenação e competência do exercício), contudo, com o ir do tempo, a colaboração do aumento de massa muscular se torna essencial, pro acrescentamento de força. Repetições: inferiores a seis, com carga superior a oitenta e cinco por cento detophyll de 1RM. Isso significa cargas altíssimas, perto da máxima. Séries por grupo muscular: superior que 4 séries.

  • Alterações metabólicas como diabetes, hipotireoidismo, alcoolismo e hipoglicemia
  • Trote levemente por 5 minutos pra aquecimento
  • Alivia constipação instestinal e flatulência
  • Bata bastante até formar uma pasta bem homogênea (dois minutos)
  • Detona a pochete

Frequência semanal pro mesmo grupo muscular: de 2 a 3 dias por semana. Intervalo entre as seções: de 48 a 72h. Intervalo entre as séries e os exercícios: descanso de em média 3 minutos. Velocidade de efetivação dos exercícios: lenta. É a união entre a velocidade e a força. Quanto superior a força ou a velocidade de realização, maior será a potência gerada.

A potência muscular pode ser estabelecida com um único movimento (como nos levantamentos de peso) ou com uma série de movimentos aeróbios, com um vasto número de movimentos repetitivos. Repetições: as repetições conseguem diversificar, entretanto normalmente são inferiores a 10, utilizando pesos altos ou moderados, entre 30 por cento e noventa por cento de 1RM, dependendo da modalidade escolhida. Séries por grupo muscular: maior que 4 séries. Freqüência semanal para o mesmo grupo muscular: de 2 dias por semana.

Séries por grupo muscular: de dois a três séries.

Intervalo entre as seções: de quarenta e oito a 72h. Intervalo entre as séries e os exercícios: descanso superior que 3 minutos. Velocidade de efetivação dos exercícios: rápida. É o tempo máximo em que um ser é qualificado de conservar a potência isométrica ou execução em um acordado exercício ou experiência de preservar a competência contrátil do músculo. Repetições: de 15 a 50, com até 65% de 1RM ou melhor com cargas leves e moderadas. Séries por grupo muscular: de dois a três séries. Freqüência semanal pro mesmo grupo muscular: de 3 dias por semana. Intervalo entre as seções: de 24 a quartenta e oito horas. Intervalo entre as séries e os exercícios: de 30 segundos a dois minutos. Velocidade de execução dos exercícios: moderada.

Esses fatores combinados são capazes de predispor a lesões pela coluna, quadris, tornozelos, pés e joelhos. Então, no geral, as mulheres têm maior mobilidade, no tempo em que os homens têm mais potência. Isto acontece porque elas têm ligamentos e músculos mais elásticos e flexíveis, devido à menor densidade dos tecidos musculares. Daí surgem as diferenças de desempenho de acordo com as exigências de cada esporte.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *